Teatro

Teatro        Música

Teatro
Muito Barulho por Nada

9 Janeiro a 3 Fevereiro

Quarta a Sábado . 21h30
Domingo . 17h00
Bilhete Normal: 10€
Apoio ao Filho do Meio: 15€
Quarta-feira - Dia do Espectador: 5€
Bilhetes à venda na Bilheteira Online

Pela mesma equipa que apresentou Noite de Reis, em 2017 e Sonho de Uma Noite de Verão, em 2018, chega agora Muito Barulho Por Nada— uma comédia amorosa sobre os fervores e os temores do querer e não querer, numa sociedade de grandes pudores, grandes desejos e muito mexerico.
D. Pedro, e os mais jovens fidalgos Cláudio e Benedito, juntam-se a uma festa na casa do bom Leonato. Cláudio apaixona-se por Hero, filha do anfitrião. Benedito e Beatriz formam um par apenas como solteiros jurados, e riem-se do amor como de uma fraqueza.
  D. Pedro e outros conspiram para juntar Benedito e Beatriz. Entretanto, D. João, o irmão perverso de D. Pedro, cria um plano que convence todos da infidelidade de Hero. Em plena igreja, à hora do casamento, Cláudio acusa Hero e rejeita-a. Leonato é convencido a fingir que a filha morreu de desgosto até a sua inocência ser provada. 

Texto original: Much Ado About Nothing de William Shakespeare; Tradução: Fernando Villas-Boas; Encenação: Luís Moreira; Interpretação: Alice Medeiros, Ana Baptista, Frederico Coutinho, João Vicente, José Redondo, Luís Lobão, Luís Moreira, Paula Neves, Paulo Duarte Ribeiro, Sandra Pereira e Valter Teixeira; Cenografia e Figurinos: Maria Gonzaga; Movimento: Joana Chandelier; Produção: Leonor Buescu; Fotografia: Vitorino Coragem; Promotor: Filho do Meio — Associação cultural sem fins lucrativos. M/12 . 90min (aproximadamente)

 

Teatro
CONCERTO À LA CARTE

6 a 10 Fevereiro

Quarta a Sábado . 21h30
Domingo . 17h00
12€
6€ (< 25, > 65 e profissionais do espectáculo)
5€ (quarta-feira - dia do espectador e Amigos do TdB)
Bilhetes à venda na Bilheteira Online

Para o seu centésimo espectáculo a CTB decidiu voltar a um texto do realismo alemão. Agora sem pretensão de mudar o Mundo através do teatro, mas afirmando, no contexto da criação artística, a posição da Companhia de não abdicar de ver e dar testemunho da Vida que nos rodeia. Concerto “à la Carte” é um olhar frio, concreto, real até aos ossos, da vida vivida por cada vez mais mulheres em cada cidade.

Autor: Franz Xaver Kroetz; Tradução: Maria Adélia Silva Melo; Encenação: Rui Madeira; Elenco: Ana Bustorff; Assistentes de encenação: Frederico Bustorff Madeira, Solange Sá; Cenografia e design gráfico: Carlos Sampaio; Figurinos: Sílvia Alves; Desenho de luz: Fred Rompante; Desenho de som: Pedro Pinto; Fotografia: Paulo Nogueira; Diretor de montagem: Fernando Gomes*; Técnico de som e vídeo: João Chelo; Técnico de operação de luz: Vicente Magalhães*; Costureira: Celeste Gomes. M/12 . 90min (aproximadamente)
*Theatro Circo

 

Teatro
TERAPIA PARA UMA MALA VAZIA

15 Fevereiro

Sexta . 21h30
10€
7,5€ (<25>65 e profissionais do espectáculo)
5€ (grupos com mais de 10 pessoas)
Bilhetes à venda na Bilheteira Online

Um homem sujeita-se a escrutinar o passado à procura de respostas para as suas insatisfações atuais, naquela que parece ser uma consulta de terapia normal. A relação entre paciente e terapeuta vai-se revelando muito para além do que seria expectante. Frustrações, inquietações, desejos são trazidos à luz de um quotidiano em que se intromete um objeto capaz de desviar atenções e trazê-los de volta à normalidade.

Criação artística/Produção: Libélula Teatro; Texto: Sandrine Cordeiro; Interpretação: Emanuel Jacinto, Sandrine Cordeiro; Assistente de Produção: Susana Almeida; Apoio técnico: Afonso Jacinto/ Ricardo Soares; Música original: Fabrício Cordeiro; Fotografia de cena: Ricardo Graça; Design gráfico/cartaz: Emanuel Jacinto. M/16 . 60min (aproximadamente)

 

Teatro ESTAL
Quem Nasce Personagem Nunca Morre

21, 22 e 23 Fevereiro

Quinta a Sábado . 15h00 (sessão para escolas) e 21h30
6€
Bilhetes à venda na Bilheteira Online

Seis personagens invadem um ensaio, à procura de um lugar onde possam habitar os seus conflitos. O dramaturgo desistiu de inventar a história para os fazer viver. Deparam-se assim, com um encenador que aparentemente também os rejeita. As personagens têm de lidar com a dificuldade em provar ao encenador e actores que as suas vidas são realmente extraordinárias. O trágico e o cómico fundem-se, evidenciando que a verdade do personagem é mais forte que a verdade do ser humano.

Autor: Luigi Pirandello; Encenação e Coreografia: Maia Ornelas; Elenco: África Torrano, Alexandre Varin, Andreia Brito, Andreia Silva, Bia Feist, Carolina Gonçalves, Carolina Trindade (Lua), Cassandra Ferreira, Catarina Santos (Catii), Débora Aguiar, Inês Brás, Inês Silva, Íris Fernandes, João Menezes, Mafalda Ferreira, Mariana do Ó, Nuno Santos, Rafael Pires; Coordenação Pedagógica e Apoio à Concepção Plástica: David Silva; Coordenação de Produção: Nélia Cruz; Direcção de Produção e Apoio à Dramaturgia: Paula Magalhães; Apoio à Produção: 3º ano da Licenciatura em Artes Performativas da ESTAL; Fotografia: Filipe Figueiredo; Comunicação: Vinicius Baumgratz; Design Gráfico: Adriano Morais. M/12 . 45min (aproximadamente)

 

Música

Teatro        Música

Concerto
The Norton´s Project
apresenta “IT'S TIME!“

16 Fevereiro

Sábado . 22h00
5€
Bilhetes à venda na Bilheteira Online

The Norton´s Project é um projecto de originais que navega entre as sonoridades do Funk, do Soul e do Blues. Um som vivo, intenso, ritmado, com muito groove e muito balanço. Recentemente saiu o ultimo EP intitulado “It´s time” editado digitalmente pela FAROL MUSICA. O single “Goodbye my love” foi escolhido para figurar na colectânea de músicas de 2018 da FAROL MUSICA.

António Norton: Voz, composição e arranjos; João Diogo Roque: Guitarra eléctrica e arranjos; Tiago Cordeiro: Saxofone e Arranjos; Leonardo Miranda: Bateria; Jackson Azarias: Baixo. Ao quinteto de base juntam-se ainda: Jorge Barroso: Trompete; Rodrigo Lage: Trombone; Filipa Countinho: Backvocals e Waya: Backvocals. M/6 . 75min (aproximadamente)

 

Evento Musical
HEX

28 Fevereiro

Quinta . 21h00
5€
Bilhetes à venda na Bilheteira Online

Hex é um evento musical e cultural realizado na cidade de Lisboa, dirigido a uma comunidade disponível para descobrir e acompanhar artistas de diferentes estilos musicais. Este evento não se vai resumir apenas a apresentar os artistas através de concertos, como também irá provocar no público a vontade de explorar a música de uma forma transversal sem apelar a qualquer tipo de estigma social. M/6 . 300min (aproximadamente)

O Teatro do Bairro

O Teatro Bairro        Cartão de Amigo

Situado em pleno Bairro Alto, na Rua Luz Soriano, nº 63, o Teatro do Bairro ocupa o espaço onde durante décadas funcionou a rotativa do Diário Popular, mesmo ao lado da Escola de Música do Conservatório Nacional. Inaugurado em 2011, foi um marco no percurso artístico da Ar de Filmes - produtora de teatro e cinema que o adquiriu - criando assim um diálogo direto e permanente com o seu público, abrindo ainda caminho para a fidelização de novos espectadores. Sob a direção do produtor Alexandre Oliveira e do encenador António Pires, funciona, por um lado, como a casa das criações artísticas da Ar de Filmes e da sua companhia de teatro e, por outro, como espaço de acolhimento de pequenas estruturas que, não tendo lugar nos grandes teatros municipais da cidade, não teriam onde apresentar os seus espetáculos. A par das propostas de acolhimento, estabeleceram-se ainda protocolos de intercâmbio com estruturas de outras zonas do país, que prevêem o acolhimento anual de, pelo menos, uma produção dessas companhias no Teatro do Bairro e vice-versa. São exemplos destes intercâmbios a Ao Cabo Teatro (do Porto, com direção artística de Nuno Cardoso) e o Teatro da Terra (de Ponte de Sor, com direção artística de Maria João Luís).

O interesse da abertura do Teatro do Bairro para a cidade não se esgota, no entanto, no projeto artístico da Ar de Filmes. Localizado num local histórico de fruição artística por excelência, proporciona também o convívio entre diferentes artes performativas contemporâneas, com uma programação plural e abrangente que garante a circulação de diferentes artistas e públicos. Desenvolvemos as nossas próprias produções, mas acolhemos também espetáculos de outros criadores de teatro, e ainda de música, cinema e dança. Acreditamos que a programação interdisciplinar que praticamos, incrementada na nossa própria criação, promove trocas e contaminações desejadas, que enriquecem todos os intervenientes. Criámos em Lisboa uma nova sala de teatro, uma nova sala de cinema, uma nova sala de concertos, um novo espaço de tertúlia e um novo local de encontro dos cidadãos com as diferentes artes e os seus criadores.

Seja bem-vindo ao Teatro do Bairro!

Visite também o site da Ar de Filmes

Cartão de Amigo

O Teatro Bairro    Cartão de Amigo     Ficha de Adesão

O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro atribui um desconto de 50% em todos os eventos e espetáculos, sendo que o preço mínimo a pagar por bilhete é sempre de 5€ (cinco euros). O desconto é feito mediante a apresentação do cartão na bilheteira e não é acumulável com outros descontos em vigor. O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro tem um custo de 10€ e é válido durante 12 meses. A adesão faz-se na bilheteira do Teatro do Bairro.

Regulamento

1 - O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro é emitido pela Ar de Filmes e visa atribuir um desconto de 50% na aquisição de bilhetes para os eventos e espetáculos no Teatro do Bairro, sendo que o preço mínimo a pagar por bilhete é sempre de 5€ (cinco euros).

2 - O desconto obtido através do Cartão de Amigo do Teatro do Bairro não é acumulável com outros descontos em vigor.

3 - O desconto atribuído pelo Cartão de Amigo do Teatro do Bairro não tem qualquer valor monetário, sendo expressamente proibida a sua venda ou troca por dinheiro.

4 - Sempre que pretenda usufruir do desconto do Cartão de Amigo do Teatro do Bairro, o seu titular deverá fazer essa menção no ato da compra do bilhete, apresentando também o cartão.

5 - O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro é válido apenas quando apresentado na bilheteira do Teatro do Bairro, na Rua Luz Soriano, nº 63 ou na Rua dos Caetanos, nº 26, no caso de eventos com venda de bilhetes nesta entrada.

6 – O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro pode não ser válido, excecionalmente, para eventos devidamente identificados no programa.

7 - A adesão ao Cartão de Amigo do Teatro do Bairro é feita exclusivamente na bilheteira do Teatro do Bairro, na Rua Luz Soriano, nº 63, mediante o preenchimento de uma ficha de adesão e o pagamento de uma anuidade no valor de 10€ (dez euros), já com IVA incluído à taxa legal em vigor.

8 – A adesão ao Cartão de Amigo do Teatro do Bairro não pode ser feita na entrada da Rua dos Caetanos, nº 26.

9 - No ato de adesão ao Cartão de Amigo do Teatro do Bairro é emitido um documento provisório igualmente válido, que poderá ser utilizado de imediato para usufruir do desconto.

10 – Logo que o Cartão de Amigo do Teatro do Bairro estiver disponível, o seu titular será informado por email, podendo levantá-lo posteriormente no Teatro do Bairro, dentro do horário de funcionamento da bilheteira.

11 – Os dados pessoais dos titulares do Cartão de Amigo do Teatro do Bairro serão utilizados única e exclusivamente para divulgação da programação do Teatro, caso assim o desejem, garantindo a Ar de Filmes a sua total confidencialidade.

12 – Os titulares do Cartão de Amigo do Teatro do Bairro receberão, via e-mail, convite para a estreia de todos os espetáculos de teatro produzidos pela Ar de Filmes com apresentação no Teatro do Bairro, sendo esse convite sujeito a confirmação telefónica, mediante a lotação da sala.

13 - O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro tem a validade de um ano, podendo ser renovado na bilheteira do Teatro do Bairro.

14 – A renovação do Cartão de Amigo do Teatro do Bairro por mais 12 meses implica o pagamento de nova anuidade no valor de 10€ (dez euros), já com IVA incluído à taxa legal em vigor.

15 - O Cartão de Amigo do Teatro do Bairro é pessoal e intransmissível, pelo que poderá ser exigido ao titular a apresentação de um documento identificativo.

16 - Para ser considerado válido, o Cartão de Amigo do Teatro do Bairro deverá ser mantido em bom estado de conservação, não podendo estar ilegível nem danificado.

17 - A Ar de Filmes reserva-se o direito de anular a um titular o Cartão de Amigo do Teatro do Bairro, caso seja detetada fraude ou utilização indevida.

18 - A Ar de Filmes não se responsabiliza por eventuais extravios do Cartão de Amigo do Teatro do Bairro.

19 - A adesão ao Cartão de Amigo do Teatro do Bairro pressupõe o conhecimento e a aceitação na íntegra deste regulamento.

A Companhia

Teatro do Bairro

 

A Companhia    Histórico da Companhia

 

Com a abertura do Teatro do Bairro em 2011, criou-se também uma nova companhia de teatro, que nasce já com oito espetáculos no curriculum e uma experiência de sete anos de produções: a Companhia Teatro do Bairro. O grupo de autores, atores, técnicos e colaboradores que, ao longo dos anos, foram trabalhando com a Ar de Filmes - nomeadamente nos seus projetos teatrais - encontrou finalmente uma casa onde pode sedimentar e desenvolver o seu trabalho de forma regular e continuada. A gestão própria dos timings de ensaios e das temporadas das suas criações, sem os habituais constrangimentos inerentes aos calendários sempre muito preenchidos das tradicionais salas de espetáculos, possibilitou assim a consolidação desta companhia teatral, através de uma reflexão ininterrupta que contagia as criações e afirma o caminho artístico previamente traçado. Na direção artística da Companhia Teatro do Bairro está António Pires, que tem desenvolvido um trabalho que se poderia designar como "Teatro Coreográfico" - onde o texto e as imagens se fundem como se de uma coreografia se tratasse. Ao longo do seu percurso artístico, tem apresentado trabalhos a convite de várias entidades, mas é na Companhia Teatro do Bairro que desenvolve o seu trabalho autoral como encenador.

Atualmente, a Companhia do Teatro do Bairro conta com 14 colaboradores fixos, dos quais fazem parte quatro atores que integram regularmente os seus elencos, aos quais se juntam habitualmente atores convidados.

Veja aqui o histórico da Companhia

Veja aqui as encenações de António Pires

Contactos

 

Teatro do Bairro

Rua Luz Soriano, 63 (Bairro Alto),1200-246 Lisboa, Portugal

RESERVAS* APENAS POR TELEFONE
21 347 33 58 ou 91 321 12 63 (15h - 19h)

 

VENDAS e LEVANTAMENTO DE RESERVAS*
Na bilheteira, uma hora antes do espetáculo
* As reservas devem ser levantadas até 15 minutos antes da hora do espectáculo

 

Para propostas de acolhimento, envie e-mail para
teatrodobairro.geral@gmail.com

 

ACESSOS
Metro: Baixa-Chiado (linhas verde e azul)
Autocarros: 758 e 790 . Elétrico: 28 . Elevador: Bica
Estacionamento: Parques do Largo de Camões e Calçada do Combro

 

Ar de Filmes, lda

Rua Nova de São Mamede, 35, 4ºesq 1250-172 Lisboa, Portugal
213 420 810 | 918 570 774
ardefilmesgeral@gmail.com
www.ardefilmes.org